Formulário de contato

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) é uma entidade muito antiga, herdada dos colonizadores portugueses, que continua sendo importante no processo de representação popular, em que os vereadores são eleitos diretamente pelos habitantes da cidade, através do sistema de voto proporcional dos partidos. Para ser vereador na época do Brasil Colonial era preciso ser homem bom, ou seja, ser português, de boa instrução e ter prestígio entre os habitantes. Os homens bons eram em geral grandes proprietários rurais e membros da pequena nobreza portuguesa. A Câmara era formada por um juiz da terra ou ordinário (às vezes por um juiz de fora); três vereadores; um procurador; dois almotacéis (funcionários de confiança, equivalente a um oficial municipal); e um escrivão. Os vereadores elegiam, entre seus pares, o juiz ordinário, para exercer a presidência. Os caminhos da história da Câmara de João Pessoa tiveram início onde hoje se situa o Largo da Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves e do Mosteiro de São Bento, na Rua General Osório, antiga Rua Nova, no Centro Histórico da Capital paraibana. Conforme o historiador Irineu Pinto, em 1610 a Câmara da cidade já tinha determinado os limites de seu termo e pelourinho levantando na praça. “A Câmara situava-se no largo, no meio da cidade”. Ainda segundo o historiador, “o edifício com construção finda em 1703 (...) constava de quatro prisões, sala livre, seguro dos homens, das mulheres e enxovia. (...) Sofria essas prisões o tormento do fumo e mau cheiro que exalavam as tinas de despejo. Não era salubre. O terceiro andar servia para as sessões da Câmara uma sala; as outras para audiência dos juízes e governador”.
Preencha este formulário para entrar em contato com a administração do site.
Por favor, insira o seu nome completo
(Obrigatório)
Por favor, insira o seu endereço de E-Mail
(Obrigatório)
(Obrigatório)
Por favor insira a mensagem que você quer enviar.