Brega e Chique são marcas do bloco Cafuçu há 28 anos

por Clarisse Oliveira — publicado 31/01/2017 21h00, última modificação 03/07/2019 10h07
Colaboradores: Fotos Olenildo Nascimento
Bloco mais charmoso da Capital movimenta cerca de 60 mil pessoas por ano

Unindo os estilos brega e chique, o bloco mais charmoso da Capital reúne cerca de 60 mil pessoas em cada edição. Há 28 anos, o Cafuçu esbanja alegria e é um bloco frequentado pelas famílias pessoenses. É o que afirma o coordenador da agremiação, Buda Lira: “Muita gente vai para o bloco com a família inteira e se diverte”.

O bloco surgiu quando um grupo de amigos propôs um jeito diferente de se vestir e ao mesmo tempo se divertir. Começou se reunindo na praia com trio elétrico, mas foi modificado para o Centro Histórico da cidade e utilizando orquestras locais. “Passamos para o centro, tiramos o trio elétrico e promovemos a valorização das orquestras”, destacou.

Desde 2001 Socorro Mendes, conhecida como Corrinha, foi eleita a embaixatriz do bloco pelas produções realizadas a cada ano. Com uma gargalhada marcante, ela é a marca do Cafuçu e todos os anos faz sucesso no bloco. “As pessoas que me encontram na rua sempre dizem que o Cafuçu é o melhor bloco do pré-carnaval. A irreverência é a principal característica do bloco, que não tem briga, nem confusão”, destacou Corrinha.

Para Buda Lira, o ser Cafuçu é reunir as diferenças. “É fazer uma boa mistura, uma composição de diversidade de pensamentos inspirados nos tipos populares. Não é um comportamento de um setor social, não é um mau gosto. Até por que, às vezes estar na moda pode ser cafuçu demais”, explicou o coordenador.

O bloco Cafuçu sai na sexta-feira que antecede o carnaval, que este ano acontece dia 24 de fevereiro, às 20h, começando na Praça do Bispo.

https://www.youtube.com/watch?v=OoiEay8sbOs